Certo

“PROCURANDO JULIETA”: O CALENDÁRIO PIRELLI 2020 E O CURTA-METRAGEM POR PAOLO ROVERSI

Mulheres procuram empresa 132010

Analisando o foco narrativo, cumpre dizer que cada livro é composto por uma narrativa que oscila entre a terceira pessoa narrador onisciente neutro e a primeira pessoa do singular Ternura: narrador protagonista — isso acontece apenas nos dois primeiros livros. Cada bloco se refere a um assunto específico. Às vezes, o bloco — à maneira de um conto ou poema em prosa — vem antecedido de um título. Eu quero ficar é com a gorda. A gorda é quente, quente. O olhar do poeta do narrador e de Ternura é inaugural. Ele vê tudo de forma original.

Você também pode gostar disto

Neste ponto, a autora retoma a pergunta realizada no final do primeiro capítulo: Por que a mulher é o Outro? É impossível, vê-se por esse exemplo, encarar a mulher unicamente quanto força produtora; ela é para o homem uma parceira sexual, uma reprodutora, um objeto erótico, um Outro atravessadamente do qual ele se busca a si próprio. Tal perspectiva é apresentada e discutida nas partes posteriores do livro. Parte II: História Nas civilizações mais primitivas, cuja história ainda possui controvérsias antropológicas, a mulher desempenhava papel estreitamente relacionado à maternidade. Foi a atividade do macho que, criando valores, constituiu a existência, ela própria, quanto valor: venceu as forças confusas da vida, escravizou a Natureza e a Mulher.

Leave a Reply

Your email address will not be published.